CONFIRA NOSSAS OFERTAS !

DICAS DOM PEDRO

LIMPEZA DO AR CONDICIONADO

O mau cheiro é um dos principais sinais que apontam para a necessidade de limpeza do ar-condicionado automotivo. O odor é causado pelo acúmulo de ácaros, bactérias e fungos nos filtros de ar do sistema de refrigeração. Sem a higienização, eles se desenvolvem, criando verdadeiras colônias e espalhando um cheiro desagradável por todo o interior do carro.
Brasileiro é louco por carro?
Nós somos mais!

COMO USAR A CADEIRINHA ?

Você sabe como transportar seu filho? Ele pode ir no banco da frente? Até que idade é obrigatório o uso da cadeirinha? Vamos ver o que diz a Lei da Cadeirinha?
A Resolução 277 do CONTRAN determina que as crianças menores de dez anos devem ser sempre transportadas nos bancos traseiros dos veículos usando individualmente cinto de segurança. Até os sete anos e meio, elas devem utilizar o equipamento de retenção adequado (bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação). Confira o dispositivo indicado para cada faixa etária:
Até um ano: bebê conforto.
De um a quatro anos: cadeirinha.
De quatro a sete e meio anos: assento de elevação.
De sete e meio a dez anos: cinto de segurança no banco traseiro.
Após dez anos: já pode ser transportada no banco dianteiro, sempre com cinto de segurança.
Esses dispositivos são projetados para reduzir o risco de morte ou lesão grave para as crianças em casos de colisão ou de freada brusca do veículo. Quando utilizados corretamente e bem instalados, esses equipamentos reduzem em até 71% os riscos de morte em caso de acidente.
Os motoristas que forem flagrados transportando crianças sem respeitar essas condições podem ser multados (a infração é classificada como gravíssima) e ter o veículo apreendido até que a irregularidade seja corrigida.

A IMPORTÂNCIA DA CALIBRAGEM

A calibragem correta dos pneus ajuda o carro a suportar a carga e a velocidade máxima atingida pelo veículo. Pneus calibrados também permitirá que haja uma economia da energia mecânica do motor. Se o carro estiver com a calibragem 20% menor que a estipulada, o carro fatalmente gastará cerca de 2% a 4% a mais de combustível. Quando a pressão dos pneus está muito baixa é possível perceber na rotação do volante numa manobra, por exemplo, pois ele fica mais enrijecido, isto é, você tem que fazer mais força para esterçar as rodas.

COMO CUIDAR DOS BANCOS DO CARRO

A Dom Pedro preparou algumas dicas importantes para ajudar você a cuidar dos bancos de couro do seu carro:

• Limpe pelo menos uma vez por mês;

• Evite expor o revestimento ao sol, para não ressecar o couro com o tempo, gerando rachaduras no revestimento;

• Uma vez a cada seis meses, realize uma hidratação dos bancos de couro com produtos específicos para este fim.

VERIFICAÇÃO DA CORREIA DENTADA CARRO

A Dom Pedro Veículos preparou um dica importante, sobre a importância da verificação da correia dentada. Então, vamos lá!
As formas de verificação da correia são através do acompanhamento da quilometragem ideal para troca ou indo até a oficina, onde o mecânico com as ferramentas adequadas conseguirá identificar o estado da correia retirando as peças que a envolvem.
Se a correia quebrar, o motor perderá seu sincronismo causando choque direto e desordenado entre seus componentes internos como pistões, válvulas, bielas e cabeçote. O motor vai parar de funcionar imediatamente, pois não terá mais condições de transmitir o movimento.

VERIFICAÇÃO NÍVEL DE ÓLEO

A Dom Pedro Veículos, preparou dicas importantes sobre a verificação do óleo do motor.
O nível do óleo do motor deve estar entre o mínimo e o máximo na vareta. A medição deve ser feita com o motor frio, no mínimo 10 minutos após desligá-lo. E o veículo precisa estar em um lugar plano.
Se o óleo estiver a acima do nível, o primeiro indício é aparecer vazamentos. O excesso de lubrificante também mudará a taxa de compressão interna do motor, o que leva à redução da vida útil das peças.

QUANDO DEVO TROCAR OS PNEUS DO MEU VEÍCULO ?

Transitar com pneus carecas pode ocasionar sérios riscos aos motoristas e passageiros do veículo automotivo. Além disso, utilizar pneus extremamente desgastados é proibido pela Legislação Nacional de Trânsito, podendo gerar multa e pontos na Carteira de Habilitação.

Os sulcos são os espaços mais profundos existentes no corpo do pneu. Eles são espécies de corredores que dão vazão à passagem de água nos dias de chuva, evitando assim acidentes como a aquaplanagem.

É importante destacar que com o desgaste em apenas 3 milímetros de profundidade, o veículo já pode começar a perder aderência e ter diminuição de performance. Tal estágio normalmente ocorre quando os pneus estão entre 50 e 60 mil quilômetros rodados.

Recomenda-se realizar a revisão dos pneus com uma equipe especializada a cada 10 mil quilômetros rodados. Nesta revisão, além de avaliar o desgaste do pneu, é necessário fazer geometria, alinhamento, balanceamento e calibragem. A suspensão do automóvel também deve ser conferida, afinal, peças com defeito comprometem o desgaste.

Outra ação que pode evitar o desgaste excessivo dos pneus é o rodízio. Através do rodízio é possível inverter a posição dos pneus dianteiros com os traseiros, evitando assim o desgaste desproporcional, já que os pneus da frente tendem a gastar mais borracha.

Verifique a profundidade dos sulcos da banda de rodagem: Todos os pneus possuem filetes de borracha entre os sulcos chamado de indicador TWI. Quando esses filetes começam a aproximar-se da superfície do pneu, significa que há muito desgaste. Lembre-se que os sulcos de seus pneus nunca devem estar abaixo de 1,6 milímetros de profundidade.

Veja se há rachaduras na parede lateral.

Aparecimento de saliências e bolhas.

Muita vibração.

Fique atento aos cuidados e rode com segurança.

FIQUE LIGADO NAS DATAS DE PAGAMENTO DO SEU IPVA

Esta quinta, dia 9 de janeiro é o último dia para proprietários de veículos com placa com final 1 pagarem o imposto em cota única, com desconto de 3%, ou quitarem a primeira prestação, se optarem pelo parcelamento.

Amanhã, dia 10 de janeiro, termina o prazo para os que têm placa com final 2, e assim por diante. Veja o calendário a seguir, válido para automóveis, caminhonetes, ônibus, micro-ônibus, motos e similares.

GASOLINA COMUM OU GASOLINA ADITIVADA ? SAIBA A DIFERENÇA.

Gasolina aditivada rende mais? Saiba a diferença para o carro.

Economia e qualidade são questões muito frequentes no dia a dia de quem abastece um carro. De modo geral, as pessoas priorizam a busca pelo menor preço. Muitos já têm, inclusive, suas bandeiras e postos de confiança. Mas, aí, seu cliente vem com aquela pergunta: gasolina comum ou gasolina aditivada?Será que realmente vale a pena desembolsar mais algumas moedinhas na hora do abastecimento e investir na aditivada, que tem preço mais elevado? Ela pode ser usada em qualquer tipo de motor? Existe uma quilometragem adequada para abastecer com esse tipo de combustível?

Há diferença entre gasolina aditivada e comum?

Sim, há. A gasolina aditivada nada mais é do que a gasolina comum com acréscimo de detergentes/dispersantes, que têm a função de limpar o sistema de alimentação de combustível do carro. Bicos injetores e válvulas de admissão entram nesse pacote.

Qual é o custo-benefício da gasolina aditivada?

A octanagem da gasolina aditivada é igual à da comum. Porém, com os aditivos, o funcionamento do motor é otimizado e, com isso, a sua vida útil aumenta. Consequentemente, os gastos com manutenção são reduzidos.

Portanto, apesar de a gasolina aditivada não dar mais potência ao carro, vale desembolsar um pouco mais para cuidar melhor do veículo.

Como mudar da gasolina comum para a aditivada?

Você já deve ter ouvido algum cliente dizer que, após abastecer com gasolina aditivada, o carro apresentou falhas, como perda de potência.

Isso nem sempre quer dizer que a gasolina era de má qualidade, mas que, no motor, ficaram resíduos de sujeira que foram eliminados pelos aditivos, situação que, como já vimos, prejudica os bicos injetores.

Para evitar esse problema, uma solução é oferecer aos clientes uma boa limpeza do sistema de abastecimento e do motor. A adoção desse cuidado justificará o investimento em uma gasolina que, sim, pode proteger e cuidar do carro em longo prazo.

Como não há um limite de quilometragem para abastecer com a gasolina aditivada, vale apenas a indicação de uma manutenção adequada e frequente do veículo, pois isso já ajuda a evitar gastos desnecessários.

Para que o barato não saia caro, alerte sempre sobre a necessidade de abastecer o veículo em postos confiáveis, de bandeiras conhecidas. Ou seja, aquela velha tendência de procurar o menor preço nem sempre é a melhor opção.

ENTRE EM CONTATO

DIGA PARA NÓS O VEÍCULO PRETENDIDO E SEU TELEFONE NO CAMPO “MENSAGEM”.